50 coisas que precisa de saber antes de viajar a Angola

Angola não é o primeiro lugar que nos lembramos quando estámos a pensar em viagens. É um destino difícil, caro e perigoso. Ainda assim, recebe muitos viajantes, sobretudo pessoas em viagens de negócios.

Depois de morar em Angola durante 3 anos, acabamos por conhecer o país bastante bem, e agora queremos partilhar com vocês as nossas melhores dicas de viagem sobre Angola. Esta é uma lista com tudo o que precisa de saber antes de viajar para Angola!

Top attractions of Angola - Sr. Miguel Fort
Forte de São Miguel e a enorme Bandeira de Angola

Tudo sobre Angola e os Angolanos

#1 Onde é Angola? Angola está localizada no Sul de África, tendo fronteiras com Namíbia (a Sul), Zâmbia (a este) e com os dois Congos (a norte). O enclave de Cabinda é a única parte de Angola que tem fronteira com a República do Congo. A Oeste,  Angola é banhada pelo Oceano Atlântico.

#2 Angola é enorme! É o sétimo maior país de África e o 22º do Mundo! Apesar disto, tem uma população de apenas cerca de 25M de habitantes. Ou seja, tem uma densidade populacional muito reduzida, das menores do mundo.

Dicas sobre Luanda Angola
Luanda vista de cima

#3 Num país tão grande como Angola, o clima varia muito, o norte é tropical, o interior centro e sul é subtropical e a zona do Namibe é desértica. No entanto, e de uma forma geral podemos dizer que existem duas estações no ano, a seca e fresca (Maio a Setembro) e a quente e chuvosa (Outubro a Abril)

Em Angola, a estação seca e fresca é normalmente chamada de Cacimbo. Notem que estamos a chamar de estação fresca, e não fria! Em Angola (com excepção das zonas mais altas) nunca está frio, simplesmente não está um calor (e humidade) insuportável. É perfeitamente possível ir à praia durante o Cacimbo.

#4 Angola foi uma colónia portuguesa durante muito tempo e apenas se tornou independente em 1975. Depois da independência, teve quase 30 anos de guerra civil, aos quais  temos de somar a guerra colonial pela independência de mais de uma década. Ao todo, estamos a falar de mais de 40 anos de guerra quase ininterrupta. É muito tempo, e várias gerações que apenas conheceram guerra.

#5 O português é a língua oficial em Angola. O Kikongo, Kimbundu e o Umbundu são as línguas locais mais faladas, e são consideradas línguas co-oficiais.

Aldeia tradicional no interior de Angola
Aldeia tradicional no interior de Angola

#6 Muito poucos Angolanos falam línguas estrangeiras pelo que estrangeiros que não falam português podem ter imensas dificuldades em comunicar. No entanto, para nós a comunicação é obviamente fácil. Os Angolanos têm expressões muito próprias e por vezes palavras muito diferentes, mas compreende-se perfeitamente e sem qualquer problema.

#7 A sociedade Angolana é muito dura e por vezes é mesmo agressiva. Relembramos, que muitas pessoas ainda estão a recuperar de 40 anos de guerra e tudo de mau que a guerra traz. Além do mais, não foi assim há tanto tempo, pelo que muitas feridas ainda estão abertas. Desaconselhamos que se discuta política em Angola.

Quer saber mais sobre Angola e os Angolanos? Veja estas 10 coisas sobre Angola!

#8 Apesar das enormes reservas de petróleo, Angola é um país pobre (107º no mundo) e subdesenvolvido. Além disso, tem também uma elevadíssima desigualdade na distribuição de riqueza, ou seja, há algumas pessoas muito ricas, uma classe média reduzida e a maioria da população é muito pobre. A Educação e a saúde são ainda bastante maus.

Devido à indústria petrolífera a economia Angolana tem crescido muito nos últimos 15 anos, mas o percurso a fazer ainda é muito longo. Muitas infra estruturas foram completamente destruídas pelas guerras e ainda estão a ser reconstruídas.

#9 A grande maioria da população Angolana é negra (sobretudo Ovimbundu, Ambundu e Bakongo) e existem alguns mulatos. Há igualmente uma forte presença de estrangeiros em Angola, particularmente em Luanda. Estes estrangeiros são sobretudo Portugueses e Chineses. No entanto, também se encontra facilmente Americanos, Indianos, Libaneses, Brasileiros e muitos outros.

Vendedoras de fruta e legumes no centro de Luanda
Vendedoras de fruta e legumes no centro de Luanda

#10 Os Angolanos adoram música e dançar! É possível ver pessoas a dançar em todo o lado, dançar faz parte de ser Angolano. Kizomba, Tarraxinha, Semba e Kuduru são os estilos de dança e música mais famosos em Angola.

#11 As ruas de Luanda são o maior shopping de Angola. É possível ver vendedores de rua em todo o lado em Luanda e a vender tudo! Pensem num objecto e eu já o vi à venda nas ruas em Luanda. Desde tampas de sanita, a comida e bebidas, desde peças de automóvel a livros de facturas, sapatilhas e roupa… tudo pode ser comprado e vendido na rua.

street sellers in Angola
Vendedores de Rua em Angola

#12 É seguro viajar em Angola? Depende um pouco do que considerarmos ser seguro e com o que estamos a comparar, mas em geral, Angola não é um país seguro. A não ser que já estejam habituados a viajar por Angola ou países semelhantes, desaconselhamos que viajem sozinhos por Angola. Tem havido bastantes relatos de assaltos e raptos em Angola, particularmente em Luanda.

#13 Se vão viajar em Angola, preparem-se para ser parados pelo polícia constantemente! A polícia poderá também insinuar-se a um suborno… em Angola chama-se a isto pagar uma gasosa. Fazê-lo, ou não, é uma decisão e risco vosso!

Isto normalmente acontece quando se está a conduzir, mas é possível que aconteça quando está simplesmente a caminhar pela rua…. tragam sempre os documentos com vocês!

Onde viajar em Angola?

#14 Angola apenas tem um local património da UNESCO, a cidade de Mbanza Congo, localizada no norte do país num planalto. Esta cidade era a capital política e espiritual do reino do congo, um dos maiores estados africanos entre os séculos XIV a XIX. Infelizmente, nunca fomos a Mbanza Congo…

#15 Luanda é a capital e a maior cidade de Angola, concentrando em si praticamente todo o investimento fora das áreas petrolíferas. É uma cidade confusa mas cheia de vida. Em geral, é também uma cidade feia, no entanto a baía de Luanda é belíssima.

A marginal de Luanda é um excelente lugar para fazer uma caminhada ou corrida. Junto à marginal é também possível encontrar outros pontos de interesse como o Banco Nacional de Angola, o museu da moeda e o forte de S. Miguel.

Luanda's boardwalk

#16 No entanto, a melhor coisa para se fazer em Luanda é ir à praia. A ilha de Luanda (não é bem uma ilha) tem praias com longos areiais e com água quente. Estas praias têm também bares e restaurantes onde se pode comer, beber e divertir-se.

Além da ilha, também o Mussulo é muito perto de Luanda e tem praias espetaculares. o Mussulo é bastante menos desenvolvido que a ilha de Luanda mas também tem alguns bares de praia. Para ir ao Mussulo, a forma mais fácil é apanhar um barco desde o embarcadouro ou Benfica.

#17 O Miradouro da Lua, mesmo à saída de Luanda, a caminho da Kissama apresenta uma paisagem única criada pelos ventos e pela água. Os tons e cores que apresenta tornam-no ainda mais especial. A melhor altura para se ir ao Miradouro é durante o pôr do sol.

Miradouro da Lua  - Uma coisas coisas que tem de visitar em Angola
As incríveis cores dor Miradouro da Lua

#18 O parque nacional da Kissama é o maior parque natural de Angola e está localizado relativamente perto de Luanda, apenas 75 km para a sul. É por isso a melhor opção para se fazer um Safari em Angola.

O parque está a ser repopulado depois da maioria dos animais terem sido mortos durante a guerra. Actualmente já é possível ver zebras, girafas, elefantes e várias espécies de antílopes. A flora da Kissama é também espetacular, com imensos imbondeiros.

Clique aqui para ver como fazer um Safari na Kissama!

#19 As praias de Cabo Ledo e Sangano (mais de 100 km a sul de Luanda) são paradisíacas com areia amarela, e água quente e limpa. Estas praias são muito populares entre expatriados e locais durante o fim de semana pois são óptimas para fugir da loucura de Luanda.

#20 As quedas de Kalandula estão localizadas no distrito de Malanje e são as mais impressionantes de Angola e consideradas as segundas maiores quedas de água de África (apenas atrás de Victoria Falls)!

Têm mais de 100 metros de altura e 400 de comprimento.

Quedas de Kalandula - provavelmente a maior atraçao turistica de Angola
As impressionantes quedas de Kalandula

#21 No entanto, Malanje tem mais algumas atrações turísticas. Além de Kalandula, recomendamos que visitem os rápidos do Kwanza, as pedras negras de Pungo Andongo e as menos conhecidas quedas de Musseleje. Para conhecer esta região de Angola vão precisar de pelos menos 2 dias.

Clique aqui para ver a melhor forma de explorar Malange

#22 Já mencionamos algumas praias espetaculares, mas as melhores praias de Angola estão na província de Benguela. Se tiverem tempo e possibilidade, recomendamos vivamente que visite Benguela e as suas praias.

Vejam aqui como ir de Luanda para Benguela

No lobito têm de ir à Restinga, que está para o Lobito como a ilha está para Luanda, mas com uma vantagem, é bastante mais limpa! Ainda assim, a Restinga não é a melhor praia de Benguela, essas estão localizadas a sul da cidade de Benguela: a praia da Baía azul e a praia da Baía farta (a nossa favorita).

Melhores praias de Angola
Praia da Baía farta

Veja aqui a lista das melhores praias de Angola!

#23 A nossa região favorita de Angola é o Lubango, e por incrível que pareça não tem praias! É muito mais calmo que Luanda, o que a torna um local perfeito para escapar à loucura da capital.

Tundavala Gap in Lubango
contemplando o horizonte na Fenda da Tundavala

O Lubango tem imensas coisas para se ver e fazer, como a fenda da tundavala, a serra da Leba, a placa do Lubango (ao estilo Hollywood) e o melhor resort de Angola, o Pululukwa.

Vejam aqui como visitar o Lubango e tudo o que há para se ver e fazer

#24 A nossa última sugestão vai para o deserto e a cidade do Namibe. Esta é uma região muito árida, completamente diferente do resto de Angola e por isso mesmo interessante. No deserto do Namibe pode encontrar a welwitschia, uma planta única que apenas existe em Angola.

Nosso guia completo dos melhores destinos turisticos de Angola

O que comer em Angola?

#25 A cozinha tradicional Angolana é semelhante à restante comida africana da região, utilizando a mandioca como ingrediente principal em grande parte dos pratos. A cozinha portuguesa influenciou também fortemente a comida angolana, devido à muita comida a ser importada para Angola pelos portugueses.

#26 Há muitos restaurantes de qualidade em Angola e alguns mesmo de elevadíssimo nível, no entanto, todos são extremamente caros. Grande parte destes bons restaurantes estão localizados em Luanda.

Carne (sobretudo de vaca), peixe e marisco são normalmente deliciosos devido à elevada qualidade dos ingredientes usados. Seja por serem frescos, ou importados dos melhores produtores.

#27 A mandioca é muito importante em Angola, especialmente no norte. É a principal fonte de carboidratos do país. Angola é a principal consumidor de Mandioca em África e o terceiro maior produtor.

As folhas da mandioca (chamadas de Kizaca) são usadas em alguns pratos (normalmente cozidas) enquanto que depois de secas as raízes são usadas para fazer bombó e batidas para fazer farinha (chamada de fuba)

#28 O famoso funge é a base da dieta Angolana e é feita a partir a partir de farinha de mandioca ou de milho. No norte é mais usada a farinha de mandioca, enquanto que no sul se usa maioritariamente a farinha de milho.

O funge tem uma textura muito peculiar, é pegajenta até diríamos gelatinosa mas não tem muito sabor, e por isso mesmo deve ser sempre comido com algum molho. O funge é sobretudo um acompanhamento e não o prato. Podemos dizer que é um substituto local para massa, arroz ou batata.

#29 Uma coisa que é particularmente boa em Angola são os amendoins torrados. Mas em Angola ninguém lhes chama isso, em Angola o nome certo é: Ginguba torrada! A ginguba é fantástica e é vendida em todo o lado. É possível ver vendedores ambulantes a torrar e vender ginguba em qualquer lugar…

Ginguba-torrada
Ginguba torrada – Amendoins

Ainda sobre amendoins, há também a paracuca que é basicamente um doce de ginguba, feito com açúcar e por vezes baunilha, canela e outras especiarias.

#30 O prato nacional de Angola é a Moamba de Galinha. Neste prato a galinha é cozinhada lentamente com óleo de palma, okra e abóbora e é servida normalmente com funge e por vezes arroz.

O óleo de palma é o segredo da Moamba de galinha (e de vários outros pratos angolanos) e é também chamado de Óleo de dendém. O dendém é a fruta da palmeira.

#31 O Calulu é outro prato típico angolano e é feito com peixe seco e vegetais, normalmente cebolas, tomates, okra, batata doce, alho, óleo de palma, e gimboa (semelhante aos espinafres). É também servido habitualmente com funge e/ou feijão em óleo de palma.

#32 Chegamos finalmente ao Mufete, um prato que combina peixe grelhado, com óleo de palma, banana-pão cozida, batata doce também cozida, farinha de mandioca e o molho de mufete (feito com cebola picada, tomate, pimenta, limão e azeite).

Fish Mufete, traditional Angola Fodd
Mufete de Peixe

Cada garfada é uma explosão de sabor e é o nosso prato favorito da culinária Angolana. Aconselhamos vivamente que o experimentem.

#33 Existem muitas marcas de cerveja Angolanas, mas a mais famosa e mais conhecida é sem dúvida a Cuca, produzida em Luanda. Outras marcas conhecidas, são a EKA ( do dondo), a N’gola (produzida no Lubango) e a Nocal (também de Luanda).

Vejam aqui o nosso guia dos melhores pratos da cozinha Angola

#34 Uma palavra final sobre a segurança da comida em Angola… Devem ter muito cuidado com o que comem e como comem em Angola. Infelizmente, muitas vezes os ingredientes não são bem lavados nem preservados correctamente, tornando-se um perigo para a vossa saúde.

Além disso, evitem ao máximo beber água não engarrafada. Notem que a febre tifóide é comum em Angola e contagiosa através da água ingerida.

Street food in Angola
Comida de Rua em Angola

Custos de viajar a Angola

#35 A moeda oficial de Angola é o Kwanza, e a taxa de câmbio oficial é de 1 dólar para 308 Kwanzas (em Dez-18). Notem no entanto que este é o cambio oficial, o câmbio na rua é normalmente muito maior (por vezes atinge o dobro), devido às imensas dificuldade em comprar moeda estrangeira em Angola.

Vejam aqui as razões e consequencias para a crise em Angola

#36 Luanda é uma das cidade mais caras do mundo, tendo mesmo sido declarada a mais cara do mundo durante alguns anos. Notem no entanto que todo o país é muito caro para se viajar.

Things about Living in Angola
Banco Nacional de Angola e o Museu da Moeda

O crescimento económico e o investimento estrangeiro criou uma sociedade muito  extremada. Aliás, mais do que extremada é uma mini-realidade dentro da sociedade angolana. Em geral a população é muito pobre, mas depois existe um pequeno grupo de angolanos e estrangeiros que são muito bem pagos, ricos ou mesmo extremamente ricos.

Como Luanda se tornou a cidade mais cara do mundo? e os preços reais em Luanda

#37 Num país tão caro, não existem pechinchas, tudo é caro ou muito caro. No entanto, as rendas (e dormidas em hotéis) e a comida são as coisas que lhe vão dar cabo do orçamento! É perfeitamente normal pagar 3 a 5 vezes mais do que em qualquer outra parte do mundo e receber em troca um produto/serviço banal.

Accommodation in Lubango Angola
O nosso adorado Pululukwa

#38 Os multibancos em Angola são normalmente chamados de Multicaixa e não cobram taxas de serviço. Devido à escassez de moeda estrangeira é possível obter uma taxa de câmbio muito mais favorável trocando moeda estrangeira em vez de levantar. No entanto, note que a compra e venda de moeda na rua é ilegal.

#39 Tal como em Portugal as gorjetas não fazem parte da cultura Angolana. Se quiser premiar um bom serviço ou lhe apetecer dar gorjeta, normalmente o que se faz é arredondar as contas para cima, mas não é de todo obrigatório.

Como viajar em Angola?

#40 É extremamente provável que entre em Angola pelo aeroporto de Luanda pois é por onde 99% das pessoas que viajam para Angola vão. Há muito poucos voos internacionais para outras cidades e é difícil entrar e sair por terra e mar. Por outro lado, é bastante fácil fazer voos internos a partir de Luanda e para outras cidades importantes como Lubando, Benguela, Huambo ou Cabinda.

Candongueiros - vans in Luanda
Um dos 432 342 Candongueiros de Luanda

#41 Caso não queiram viajar internamente por avião, é possível apanhar autocarros intercidades. Há imensos autocarros mas demoram imenso tempo (lembrem-se Angola é enorme) e não são nada confortáveis.

Dentro das cidades, particularmente Luanda, esqueçam os autocarros públicos. As opções realistas são Vans (em Angola chamamos de candongueiros) ou táxis. Desaconselhamos qualquer estrangeiro a usar candongueiros, mas a opção existe e é uma decisão de cada um.

#42 A outra opção é alugar um carro, ou um carro com condutor se não tiver experiência a conduzir em países cujo trânsito é caótico. Tal como seria de esperar alugar um carro é muito caro, espere cerca de 100 USD por dia. se quiser um motorista, será obviamente ainda mais caro, mas não tanto assim. Esta solução vai vos dar toda a flexibilidade que necessita e se tiver um motorista vai evitar um dos mais problemas de Luanda, o trânsito.

#43 O trânsito em Luanda é um pesadelo, especialmente durante as horas de ponta de manhã e ao final do dia. Num dia normal em Luanda pode demorar mais de uma hora para fazer 10 km. Se tiverem azar e for um mau dia de trânsito podem ser 2 ou 3 horas.

Traffic jam in Luanda
Transito em Luanda, sem fim à vista

#44 Além e ainda pior que o trânsito é a forma de conduzir dos angolanos. É completamente louca, não seguindo qualquer regra ou até cuidado pela bem estar próprio e dos outros. Já vimos de tudo em Angola, por isso preparem-se! voltamos a repetir, se não está habituado a esta forma de “conduzir” desaconselhamos que conduza em Angola.

#45 Não há autoestradas em Angola e por isso não há portagens. Na realidade, há uma portagem na ponte sobre o rio Kwanza, mas é barata quando comparada com tudo o resto.

Things to do in Lubango
O contra ponto no deserto do Namibe… Nem um carro em vista

#46 Os combustíveis costumavam ser extremamente baratos em Angola. No entanto, após a última crise petrolífera os preços aumentaram consideravelmente após o governo deixar de subsidiar os combustíveis e começar a taxá-los. Actualmente ainda são mais baratos que em muitos países, mas já não são praticamente grátis como eram há 10 anos.

Outras dicas sobre viajar em Angola

#47 Como é a internet? Em Angola a internet é relativamente fraco. Os melhores hotéis têm WIFI, mas não tomem isso como garantido e não esperem que funcione perfeitamente. Devemos notar que isto tem vindo a melhorar consideravelmente mas contem com alguns problemas de ligação.

Podem igualmente considerar comprar um cartão de dados e/ou uma pen 3G. Estas devem funcionar em Luanda e noutras cidades importantes mas tendem a não ter rede fora delas. Além disto, mesmo nas cidades o 3G é tendencialmente lento e instável.

Pululukwa Resort
Interior do Pululukwa

#48 Angola é provavelmente um dos países mais sujos que já visitamos. Mesmo o camboja parece limpo quando comparado com Angola. Luanda é claramente muito mais sujo que o resto das cidades, mas mesmo as outras cidades estão muito longe de ser limpas. Esperem encontrar lixo em qualquer e em todos os lugares.

#49 Preciso de visto para entrar em Angola? Angola é possivelmente um dos país mais chatos para se obter um visto, especialmente de trabalho. Aconselhamos seriamente que procurem ajuda de uma empresa especializada para vos conduzir no processo de visto. Demora algumas semanas, ou mesmo meses e pode ser muito frustrante.

Serra da Leba in Namibe
A belíssima e inesquecível Serra da Leba

#50 Que vacinas são necessárias para entrar em Angola? A vacina da febre amarela é obrigatória, tal como a apresentação do boletim de vacinas internacionais comprovando que foi tomada. Quando dizemos que é obrigatório, significa que se não trouxer o boletim internacional não entrará em Angola, por isso não se esqueça dele!

Algumas outras vacinas são extremamente recomendadas como a da polio, febre tifoide, e hepatites A e B. Recomendamos que faça uma consulta de viagem antes de viajar a Angola!

Livro de viagem recomendado para quem vai viajar a Angola

Bradt Travel Guides (Angola)

q? encoding=UTF8&ASIN=B00HWZ63HK&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=US&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=couplertw 20&language=en US 50 coisas que precisa de saber antes de viajar a Angola

Sharing is caring!