o que fazer em Saint-Malo?

“Ni français, ni Breton, Malouin Suis”, “Nem Francês nem Bretão, de Saint Malo eu sou” é o motto da cidade e reflete bastante bem a sua cultura e história. Saint-Malo sempre uma cidade rebelde, seja de Paris, da coroa, ou de Nantes, a capital histórica da Bretanha. Em 1590, Saint-Malo chegou mesmo a declarar-se independente, mas essa independência só durou 4 anos, até 1594.

Saint-Malo é uma cidade histórica portuária completamente muralhada virada para o canal da Mancha no noroeste de França. O centro histórico de Saint Malo (Intra Muros) está situado numa ilha no estuário do rio Rance. A cidade em si é bastante pequena, apenas com 50 000 habitantes, que crescem 4 vezes para 200 000 durante o Verão.

O que fazer em Saint-Malo

Um pouco sobre a história de Saint-Malo

St Malo – uma cidade de corsários e exploradores marítimos

Saint Malo é também conhecida por ser uma cidade de corsários e a origem de alguns dos mais famosos exploradores franceses que emigraram para abrir novas rotas marítimas, como Jacques Cartier e Robert Surcouf.

Os corsários de Saint Malo vagueavam pelos mares tomando que queriam dos navios Ingleses, Holandeses e Portugueses que tinham o azar de os encontrar. Infames pela sua crueldade, eles apareciam do nada roubavam e pilhavam o que queriam e depois fugiam para os seus esconderijos e para o seu porto seguro de… Saint-Malo.

Entre todas as histórias que ouvimos de Saint Malo, gostamos particularmente da história de Robert Surcouf, uma dos mais ilustres filhos da cidade, que num duelo, sozinho matou 11 homens… entre 12! Deixando assim o último homem vivo para poder contar a história. Também interessante, de uma forma mais séria, é que Jacques Cartier foi acreditado como sendo o primeiro Europeu a redescobrir o Canadá e a navegar e mapear o rio Saint Lawrence.

História de Saint-Malo

A inexpugnável cidade de Saint Malo

É muito fácil imaginar porque é que Saint-Malo é um esconderijo ideal. A cidade foi feita para ser impenetrável. Tem enormes muralhas, para proteger as suas pessoas tanto dos invasores como das maiores marés da Europa. Estas marés tornam também qualquer ataque marítimo extremamente perigoso, pois se não se souber navegar naquelas águas, facilmente se fica atolado e um alvo fácil de abater. 

Como se isto não fosse suficiente, todo o mar em volta de Saint Malo está cheio de enormes rochas (umas visíveis outras nem por isso) e de pequenas ilhas e ilhéus, tornando a navegação um pesadelo. Por último, temos os fortes construídos em algumas das ilhas e ilhéus, que se tinham de conquistar antes de se pensar em atacar a cidade… por isso… boa sorte a quem tentou invadir Saint Malo nesses tempos!

Os ingleses e os holandeses eventualmente cansaram-se de ser atacados por corsários e tentaram retribuir atacando Saint-Malo com uma frota de 30 navios e ainda um barco cheiro de pólvora que seria lançado contra as defesas da cidade. No entanto, não conseguiram sequer chegar às muralhas e tiveram de retirar. O barco com explosivos detonou demasiado longe pois ficou preso… nas rochas, bancos de areia, maré baixa… seja lá onde for…

O que fazer na Bretanha? Ir a Saint-Malo

Saint-Malo na Segunda Guerra Mundial

Durante a segunda grande guerra cerca de 80% de Saint Malo foi destruída. Depois de ser conquistada pelos Alemães, em 1944 os aliados bombearam fortemente a cidade e destruíram a maioria dos seus edifícios. No entanto, depois da guerra, a zona histórica de Saint Malo foi completamente reconstruída, de acordo com o seu estilo original. Enquanto estiverem a visitar a cidade dificilmente notarão que aqueles não são os originais mas sim reconstruções.

Visitar Saint-Malo em França

O que fazer em Saint Malo?

Explorar Intra Muros

Intramuros é o coração de Saint Malo, é a cidade velha, dentro das muralha, “dentro dos muros”. É aqui que estão grande parte dos edifícios históricos e o lugar ideal para vaguear e perder-se explorando e descobrindo os pequenos becos, edifícios históricos, as belas ruas em pedra…  

Coisas para fazer em Saint Malo

Uma das coisas que apreciamos em Intra Muros é que é um centro histórico ligeiramente diferente dos outros espalhados pela Europa. Os edifícios são maiores, mais altos, e construídos em pedra granítica cinzenta dando-lhe um ar distinto, severo até, mas sem dúvida bonito.

A Catedral de São Vicente (também conhecida como Catedral de Saint-Malo), a capela de Saint-Aaron, e a capela de São Salvador são alguns dos principais pontos turísticos de Saint Malo que ficam em Intra Muros. Estes foram reconstruidos várias vezes e neles se pode encontrar muita da história de Saint-Malo.

Principais atrações de Saint-Malo

Muralhas de Saint Malo

As muralhas de Saint-Malo foram construídas para proteger a cidade tanto das marés como de invasores. Foram construídas no século XI, melhoradas no século XVI para se adaptarem à novas tecnologias militares e aumentadas novamente no século XVIII. As muralhas protegem a totalidade da cidade velha, e foram um circuito à volta desta de 1750 metros.

Hoje, as muralhas são provavelmente a característica mais famosa de St Malo e são a sua principal atracção turística. Aconselhamos vivamente que faça todo o circuito por cima da muralhas e disfrute das agradáveis vistas sob a cidade, o mar e toda a área envolvente. Desde lá consegue ver o Fort Nacional, a pequena e a grande Bé, as praias, Intra Muros e até os arredores da Saint-Malo. Felizmente, pode-se entrar e sair dos muros da cidade sempre que se quiser e é totalmente grátis.

As famosas muralhas de Saint-Malo

Fort National

O Fort National foi construído numa ilha de maré a algumas centenas de metros das muralhas de Saint Malo em 1689 pelo famoso arquitecto Vauban.

É possível visitar o forte sempre que a bandeira francesa estiver hasteada. Normalmente, o acesso apenas é possível durante a maré baixa, apenas em determinados dias durante o ano, e depois durante todo período entre 1 de Junho e 30 de Setembro. Para informação diária actualizada veja o site oficial.

O que fazer em Saint Malo Bretanha

A Grande e a Pequena Bé

A grande e a pequena Bé são duas ilhas em frente a Saint-Malo. São ambas ilhas de maré o que significa que, tal como o Fort National, são acessíveis a pé durante a maré baixa, a partir da praia Bon-Secours. No entanto, tenha em atenção que as marés aqui são enormes e mexem-se muito rapidamente. Podem ver-se obrigados a nadar de volta, o que no Inverno é uma chatice 🙂

Na Grand Bé é possível visitar o túmulo do famoso escritor e político François-René Chateaubriand que nasceu em Saint-Malo. O seu túmulo está virado para Oeste em direcção ao mar, tal como ele pediu no seu testamento.

Na Pequena Bé, é possível encontrar mais um forte defensivo que foi construído para ajudar a proteger a cidade contra os ingleses e holandeses. 

O que ver em Saint-Malo

Praias de Saint-Malo

Uma das melhores coisas para fazer em Saint-Malo é aproveitar as suas maravilhosas praias. A costa à volta de Saint-Malo tem 16 praias, a maioria das quais de areia e com uma bonita água turquesa. Todas as rochas, ilhas e ilhéus em volta dão um toque cénico especial. No entanto, deve notar que apesar de a água parece ter vindo directamente de um paraíso tropical, esta é bem mais fria! Não se esqueça que estamos no Canal de Mancha. Muito dificilmente a água estará acima dos 20º.

A Plage du Sillon tem um belo areal e é provavelmente a melhor praia de Saint Malo e vai desde a cidadela em direcção a este. Entre as outras praias, algumas das mais populares são a Bon secours, a Mole, e a Éventail… Notem que as praias de Mini Hic e de Pont são as que provavelmente têm as melhores vistas sobre a toda a baía. 

Ir às belas praias é uma das melhores coisas a fazer em Saint-Malo

Estação eléctrica de Rance

Esta não um destino turístico habitual, e provavelmente não estará em praticamente mais nenhuma lista de coisas a fazer em St Malo. De fato, mesmo nós nos atrevemos a dizer que esta não é de todo uma atracção turística, mas é muito interessante e fica em Saint Malo.

A estação eléctrica de Rance foi a primeira estação de energia das marés no mundo e é ainda hoje a segunda maior. Foi construída para aproveitar as enormes marés da região para produzir electricidade. 

É um conceito muito interessante, onde as turbinas usam a água do mar que entra e sai no rio Rance. No entanto, não se consegue ver grande coisa de como funciona. É possível atravessá-la pois funciona como ponte também, mas não se vê a funcionar. Como atracção turística não é a mais bonita, mas para nós é algo bastante interessante. 

Melhores actividades em St. Malo

Onde ficar em Saint-Malo?

Se decidir ficar em Saint-Malo, sugerimos que fique em Intra Muros, ou pelo menos muito perto. É a parte mais interessante e importante da cidade e basicamente onde tudo acontece, pelo menos do ponto de vista turístico. Estas são as nossas sugestões para ficar em Saint Malo!

Hotel barato em Saint Malo

Lembrem-se que França é um destino turístico bastante caro… e Intra Muros é a zona mais procurada de Saint-Malo, o que significa que nada é realmente barato, mas ainda assim é possível encontrar alguns bons negócios. A nossa melhor sugestão em termos de preços é o o Les Chien du Guet pois tem uma excelente relação preço qualidade.

Veja aqui os preços e outros reviews

Hotel de Gama média em Saint-Malo

A nossa sugestão de hotel de Gama média em Intra Muros é o Hotel De France et Chateaubriand. Este hotel está localizado bem no centro, muito perto das mais importantes atracções. Os quartos são espaçosos e confortáveis. Tem restaurante e bar o que pode dar jeito se não quiser sair à noite. 

Veja aqui os preços e outros reviews

Hotel de Luxo em Saint Malo

O Hotel Oceania Saint Malo é o nosso hotel de luxo favorito em St Malo. Apesar de não ser exactamente em Intra Muros, é muito perto e fica mesmo em frente à Praia. No bar do hotel é até possível tomar uma bebida virado para o mar. 

Veja aqui os preços deste hotel