50 coisas que precisa de saber sobre viajar ao Luxemburgo

O Luxemburgo é muitas vezes um país esquecido na Europa Central/Ocidental, especialmente por viajantes e mochileiros. Há quem diga que o Luxemburgo não tem nada para se ver ou fazer, nem é particularmente interessante… Será que têm razão? Nós achamos que não!

Nós viajamos ao luxemburgo bastantes vezes (tanto em conjunto como em separado), e até temos lá família. Por isso decidimos escrever este artigo onde apresentamos tudo o que de bom e mau o Luxemburgo tem para oferecer – O que fazer, o que comer e todas a experiências que se pode usufruir neste pequeno mas interessante país. Estas são as 50 coisas que precisa de saber antes de viajar ao Luxemburgo.

O Luxemburgo e os Luxemburgueses

#1 Onde é o Luxemburgo? Luxemburgo está localizado no centro da Europa (sem acesso ao mar) entre a França (a Oeste e a Sul), Alemanha (a Este)e Bélgica (a norte). Facto curioso sobre o Luxemburgo: é o mais pequeno país do mundo que faz fronteira com 3 países.

#2 O Luxemburgo é uma democracia representativa com um monarca constitucional como chefe de estada. No entanto o mais interessante deste facto é que o Luxemburgo é um Grão-Ducado pois o chefe de estado não é um rei mas um Grão-Duque. Ainda mais curioso é o facto de o Luxemburgo ser o único Grão-Ducado do mundo.

o que preciso de saber antes de viajar ao Luxemburgo
Palácio do Grão-Duque do Luxemburgo – uma das atrações da cidade

#3 O Luxemburgo tem quase 600 000 habitantes e praticamente metade desses habitantes são imigrantes ou filhos de imigrantes. Estes imigrantes vêm dos seus vizinhos (Alemanha, França e Bélgica) mas sobretudo de Portugal e de Itália. De facto, os Portugueses são o maior grupo estrangeiro no Luxemburgo, com quase 20% da população Luxemburguesa a ser de ascendência portuguesa.

#4 Existe também grandes comunidades de imigrantes de países da ex-Jugoslávia e mais pequenas comunidades de países Africanos e Asiáticos. Esta é realmente uma sociedade multicultural. Estranhamente, há muito poucos imigrantes do médio oriente e o Luxemburgo terá recebido muito poucos migrantes nesta última vaga.

O que preciso de saber sobre Luxemburgo

#5 Como é o clima no Luxemburgo? O Clima do Luxemburgo é considerado moderado continental com Invernos frios e verões moderados.

De Maio a Agosto o tempo é mais quente com muito mais longas horas de sol, o que significa que é a melhor altura para se visitar o Luxemburgo. No entanto, devem trazer sempre roupa quente e guarda chuva pois normalmente chove e as noites de verão por vezes são frescas.

#6 O Luxemburgo (em conjunto com a Bélgica, Holanda, França, Alemanha, e Itália) é um dos membros fundadores da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, que é considerada ser o primeiro passo na criação da CEE e mais tarde da União Europeia e da zona Euro. Hoje em dia, a cidade do Luxemburgo é uma das capitais não oficiais da União Europeia com imensos serviços da UE a ser prestados lá.

O que visitar no Luxemburgo - dicas de viagem
Robert Schumann, um dos pais da UE

#7 O Luxemburgo é um dos mais ricos e mais desenvolvidos países do mundo. É mesmo o segundo país com PIB per capita mais alto, apenas atrás do Qatar. Esta riqueza vem principalmente do seu sistema bancário e reduzidos impostos sobre empresas, o que atraiu as mesmas a ter escritórios e mesmo sedes na cidade do Luxemburgo.

#8 Há imensas pessoas a trabalhar no Luxemburgo (sobretudo na capital) e que moram em países vizinhos. Estima-se que cerca de 100 000 pessoas atravessam a fronteira todos os dias para ir trabalhar no Luxemburgo. Isto apenas é possível devido à existência da UE e do tratado de Schengen.

fatos sobre o Luxemburgo - guia de viagem
Centro histórico da cidade de Luxemburgo

#9 O Luxemburgo tem 3 línguas oficiais: Francês, Alemão e Luxemburguês. Incrivelmente a maioria das pessoas falam as 3 línguas tornando o Luxemburgo um país trilingue.

Podem nunca ter ouvido falar do Luxemburguês mas é muito semelhante ao Alemão. Aliás, no passado, chegou a ser considerado um dialeto do Alemão.

#10 Um coisa curiosa sobre as línguas do Luxemburgo é o facto de nas ruas e nas lojas ver-se as coisas escritas em qualquer das 3 línguas.  Por vezes, vê-se textos traduzidos em duas línguas, outras vezes apenas numa… Isto demonstra como os Luxemburgueses conseguem mudar entre as 3 línguas com extrema facilidade. Mesmo em conversas é possível ouvi-los começar uma conversa numa língua e terminar noutra de forma perfeitamente natural.

Dicas de viagem sobre o luxemburgo
Belissimo distrito histórico da cidade do Luxemburgo

#11 Além disto, a maioria das pessoas falam inglês fluentemente e os imigrantes (e descendentes) falam ainda a sua língua de origem. Não é difícil encontrar um luxemburguês que fala 4 ou 5 línguas. Portanto, não deverá ter qualquer dificuldade em comunicar no Luxemburgo.

#12 Quando quiser cumprimentar um(a) Luxemburguês(a) com um beijo note que lhe deve não 1, nem 2, mas 3 beijos… pois é estranho, mas é lá uma coisa deles 🙂 e por vezes pode até ser agradável 🙂

#13 Tal como a Bélgica e os Países Baixos, o Luxemburgo não tem propriamente montanhas, pelo menos alta montanha. O ponto mais alto do Luxemburgo não chega aos 600 metros de altitude. Mas não pensem que é um país plano, de facto é até ligeiramente acidentado, com longos e suaves montes e vales. Mas nunca com muita altitude.

O que visitar no Luxemburgo? Guia de viagem
Castelo de Vianden

#14 Quando se pensa no Luxemburgo, normalmente lembramos-nos de muito do que acabamos de falar… das grandes empresas, dos bancos, de ser um pequeno mas muito rico país… No entanto, o que mais lhe pode surpreender é o quão rural o país é. Além da cidade do Luxemburgo, as restantes cidades e vilas são incrivelmente pequenas e o resto do país é formado sobretudo por florestas e quintas com campos e gado.

#15 O Luxemburgo é limpo? Sim, é! E por limpo, queremos dizer que é mesmo muito limpo. É possivelmente o país mais limpo onde já estivemos. Todo o país é imaculado, é até uma coisa incrível de se ver… 🙂

O que fazer no luxemburgo - dicas de viagem
Cidade do Luxemburgo

#16 Além de limpo, o Luxemburgo leva a reciclagem muito muito a sério. De facto, os nossos amigos no Luxemburgo dizem-nos que quem não fizer reciclagem (em particular de plástico e garrafas) é multado. Pensamos que outros países deveriam seguir estes excelentes exemplos do Luxemburgo.

#17 É seguro viajar no Luxemburgo? Sim, é tão seguro quanto é possível um país ser. De acordo com relatórios especializados o Luxemburgo é um dos países mais seguros do mundo. No entanto, tal como em qualquer outro lugar os turistas devem ter atenção aos crimes pequenos como roubo por esticão ou carteiristas, mas mesmo isto é bastante raro.

O que visitar no Luxemburgo?

#18 O Luxemburgo apenas tem um lugar património da UNESCO – a cidade antiga e as fortificações das cidade do Luxemburgo. Estas fortificações eram conhecidas como umas das mais impressionantes de toda a Europa.

coisas que preciso de saber antes de visitar o luxemburgo
Bock casemates – UNESCO heritage site

#19 A cidade do Luxemburgo é muito interessante pois transmite sensações quase opostas. Por um lado, a cidade parece ser uma grande metrópole com grandes bancos, empresas multinacionais e todo o quarteirão da UE… Por outro lado, na prática é uma cidade relativamente pequena com cerca de 120.000 habitantes, e um certo charme medieval transmitido pelos edifícios antigos, pelas fortificações e cavernas.

#20 Caminhar pela cidade de Luxemburgo é muito agradável e é algo que definitivamente aconselhamos a fazer. O centro histórico não é demasiado grande e é perfeitamente possível caminhar para todo o lado. Lá não pode perder o Palácio do Grão Duque (um dos mais bonitos edifícios do país), a Catedral de Notre Dame e o quarteirão antigo.

fatos de viagem sobre o Luxemburgo
Catedral do Luxemburgo

#21 Na cidade de Luxemburgo temos ainda de realçar o Bock e as casamatas da cidade pois são sem dúvida a nossa atração favorita da cidade. O bock e as casamatas é um promontório e uma série de túneis e casamatas construídas durante a era medieval. Apenas sobreviveu uma pequena parte do que existe mas ainda assim é muito divertido de explorar. É também um óptimo lugar a observar a cidade e as muralhas a partir de ângulos bem diferentes e espetaculares.

factos interessantes sobre o luxemburgo
Casamatas da cidade do luxemburgo

#22 Fora da capital, a principal atração turística é provavelmente Vianden, no norte do país. Vianden é uma pequena cidade com um centro histórico cheio casas antigas, pequenas ruas em paralelo e um castelo imponente, criando assim aquele típica aura das pequenas e medievais vilas Europeias.

Além disto, em vianden há um teleférico (de cadeirinhas) que nos leva ao topo da montanha, onde se pode ter uma vista panorâmica sobre cidade, o castelo e toda a floresta da área envolvente.

O que visitar no Luxemburgo?
Castelo e cidade de Vianden

#23 O região do rio Moselle perto de Remich vale também muito a pena visitar. Primeiro, é uma região de produção de vinhos e portanto tem longos vales cheios de vinhas, que lembram um pouco o vale do Douro. Mas é também o mais próximo que Luxemburgo tem de uma Riviera, com imensas pessoas a ir para esta região para se divertirem na margem do rio, especialmente no verão e ao fim de semana.

O que preciso de saber antes de ir ao Luxemburgo
Belas vinhas junto ao rio Moselle

#24 Sabiam que o Luxemburgo tem uma praia? Entre Remich e Schengen existe uma praia artificial com imensas pessoas a aproveitar a areia para tomar banhos de sol e a água para se refrescarem, pelo menos no verão. Custa 4 Euros para entrar, o que não é muito caro, se compararmos com o resto das coisas no Luxemburgo.

Coisas que preciso de saber antes de viajar ao Luxemburgo
A Praia no Luxemburgo…

#25 Muito perto desta praia foi construído o “biodiversum” e alguns trilhos onde se podem fazer pequenas caminhadas pelos pântanos enquanto se desfruta da fauna e flora local.

Curiosamente estes pântanos foram criados à apenas algumas décadas atrás quando era habitual as pessoas irem lá retirar areia perto do rio.

Viajar ao Luxemburgo
Reserva natural de Haff Remich

#26 Sabiam que Schengen é uma muito pequena aldeia do Luxemburgo, localizada no extremo sul do país, entre a Alemanha e a França? Foi lá que foi assinado o famoso e revolucionário acordo que permitiu abolir as fronteiras internas entre muitos países.

A aldeia em si não tem nada de extraordinário, mas representa a liberdade de movimentos e a abolição das fronteiras e é por isso que nós fizemos questão em visitá-la. Há até um pequeno museu dedicado à história e importância do acordo de Schengen.

O que preciso de saber antes de visitar o Luxemburgo
Exterior da Museu de Schengen

#27 A zona Este do Luxemburgo é também bastante bonita, coberta de florestas, campos e vales com diversas cores. Tem também bastantes castelos e pequenas vilas.

Nós gostamos muito de viajar por esta zona e descobrir as pequenas pérolas escondidas e desconhecidas do Luxemburgo. Nesta zona entramos Berdorf, Larochette, Mullerthal e Echternach.

#28 Se estão a planear uma viagem pelo Luxemburgo e querem visitar as suas atrações turísticas notem que praticamente tudo fechar as 18 horas, mesmo no verão quando apenas anoitece pelas 23 horas… É um pouco frustrante quando se quer visitar muitas coisas e se tem de desperdiçar 5 ou 6 horas de luz pois está tudo fechado…

O que comer no Luxemburgo?

#29 A comida tradicional Luxemburguesa é o resultado da sua localização geográfica e por isso altamente influenciada pelos seus vizinhos. Tal como na Alemanha, a maioria dos pratos tradicionais do dia-a-dia são de origem humilde. No entanto, ultimamente é muito visível a influência dos imigrantes (especialmente de Portugal e itália) na comida do Luxemburgo.

O que comer no luxemburgo - dicas de viagem

#30 Alguns dos pratos mais típicos do Luxemburgo são o Judd mat Gaardebounen (porco fumado com favas), treipen (ta variante luxemburguesa da chouriça de sangue), Bouneschlupp (sopa de feijão verde com batatas, bacon e cebola).

#31 As más notícias é que esta verdadeira comida luxemburguesa é muito difícil de encontrar nos restaurantes. Nós perguntamos a vários nossos conhecidos e familiares, fomos até a algumas vezes almoçar/jantar a restaurantes e não conseguimos encontrar a maioria dos pratos mais conhecidos. Por isso, infelizmente não podemos comentar se são ou não saborosos…

#32 Por outro lado, o Luxemburgo está completamente cheio de restaurantes italianos, portugueses e franceses… e aparentemente, a comida italiana no Luxemburgo é espetacular…

Luxemburgo Guia de Viagem
Cozido à Portuguesa – um dos mais tradicionais pratos portugues

#33 Os supermercados também reflectem esta realidade, pois estão cheios de ingredientes de toda a Europa. De facto, é realmente impressionante a variedade de produtos que se pode encontrar em qualquer supermercado no Luxemburgo – produtos portugueses, italianos, franceses, alemães, espanhóis e até indianos e chineses… É um paraíso para qualquer foodie. Sofremos imenso 🙂

#34 O Luxemburgo é também um bom produtor de vinho, especialmente do famoso Pinot de Remich. Se são apreciadores de vinho, devem experimentar e até pode ser um óptimo souvenir para trazer de volta para alguém especial.

Guia de Viagem Luxemburgo
Margens do rio Moselle

Dinheiro e custos de viajar pelo Luxemburgo

#35 Luxemburgo é um dos membros fundadores da zona Euro e por isso usa o Euro como moeda, com todas as vantagens que isso traz para nós viajantes, especialmente os Europeus.

coisas interessantes sobre o Luxemburgo

#36 O Luxemburgo é caro, muito caro mesmo, especialmente nas dormidas (sempre acima de 60 USD) e nos restaurantes (mínimo de 15 a 20 USD). É possível encontrar alguns bons negócios, mas não é fácil, devem contar em gastar no mínimo 80 a 100 USD por pessoa por dia no Luxemburgo – mesmo sendo muito poupadinhos!

#37 Uma das poucas coisas que não achamos caro foi os bilhetes para algumas atrações turísticas. De facto, até parecem ser baratas se pensarmos no custo de vida e salários praticados no Luxemburgo.

custos de viajar ao luxemburgo - dicas de viagem
Telefério de Vianden permite vistas espetaculares

#38 Tal como seria de esperar num país tão desenvolvido como o Luxemburgo, a rede multibanco está bastante desenvolvida, sendo possível encontrar multibancos espalhados por todo o país, mesmo nas zonas rurais.

Nunca nos cobraram qualquer taxa de multibanco no Luxemburgo, mas não temos a certeza se tivemos sorte ou se são todas grátis. De qualquer forma, se algum multibanco cobrar para levantar dinheiro, cancele a operação e dirijam-se à seguinte.

#39 Os cartões de débito são aceites em praticamente todo o lado. MAs tenham em atenção que os cartões de crédito podem não ser aceites em negócios mais pequenos/familiares, ou que podem cobrar até 5%.

Viagem ao luxemburgo

#40 Os supermercados são bastante caros (pelo menos bem mais caros que em Portugal) mas fica bem mais barato do que ir aos restaurantes. Por isso se está a viajar com orçamento apertado é uma excelente opção para manter os custos relativamente baixos.

Os supermercados Cactus estão espalhados pelo país todo e são uma boa opção se quiser experimentar alguns produtos luxemburgueses.

Como viajar no Luxemburgo

#41 Tal como seria de esperar num país rico, pequeno e central os transportes publicos são fortemente desenvolvidos. Se estiver apenas a pensar ir apenas à capital, então nem sequer pense em alugar carro. Não é de todo necessário.

#42 Se estiver a viajar a partir de outras capitais europeias vizinhas como Bruxelas, Amsterdão e Paris então recomendados que venha de comboio. É fácil e central, e por outro lado, não melhor forma de viajar do que de comboio! Ainda assim, o aeroporto da cidade de Luxemburgo recebe imensos voos low cost, o que poderá ser conveniente e barato.

Melhores forma de viagem no Luxemburgo - dicas

Mais um fato interessante sobre o Luxemburgo: O aeroporto de Luxemburgo é muito muito usado para carga, sendo considerado o quinto aeroporto mais activo da Europa, o que é incrível para um país tão pequeno.

#43 É muito divertido e agradável conduzir nas estradas rurais do luxemburgo pois são muito boas, têm pouco ou nenhum trânsito e os restantes condutores tendem a conduzir bem… (a não ser que sejam franceses claro… 🙂 )

#44 Não há portagens no Luxemburgo!

Viagem ao luxemburgo - o que preciso de saber
As zonas rurais do Luxemburgo podem ser lindassimas

#45 O preço dos combustíveis é bastante baixo, especialmente para um país tão desenvolvido. Por outro lado, a diferença de preços entre as bombas de gasolina é muito pequena, pelo que não vale a pena perder tempo a procura da mais barata.

#46 Um problema de conduzir no Luxemburgo é o trânsito nas horas de pico, especialmente para entrar e sair da cidade do Luxemburgo. Relembramos que há mais de 100 000 pessoas que diariamente vão trabalhar a cidade do Luxemburgo e moram nos países vizinhos, o que obviamente causa imenso trânsito. O outro problema é que pode ser muito difícil (e/ou caro) estacionar dentro da cidade.


Estão a gostar do Luxemburgo? e que tal adicionar a Bélgica a esta viagem? Veja as 50 coisas que precisa de saber antes de ir à Bélgica

Outras dicas sobre viajar ao Luxemburgo

#47 Tal como seria de esperar num país tão desenvolvido como o Luxemburgo é fácil encontrar WIFI em muitos restaurantes e em praticamente todos os hotéis e hostels. Além do mais, se tiver um cartão de dados de um país da UE ( português por exemplo), lembrem-se que podem usar os dados desse cartão em toda a UE, sem qualquer tipo de custos de roaming extra.

#48 Acima referimos que as atrações turísticas fecham às 18 horas, mas de facto, praticamente tudo (incluindo supermercados) fecha a essa hora ou mais cedo.  Além disto, tal como em vários outros país da Europa central, os supermercados fecham aos domingos. Planeie a viagem com isso em mente, caso contrário podem passar mal.

Informação de viagem Luxemburgo

#49 Caso se esteja a perguntar que documentos necessito para entrar no Luxemburgo? Tal como dissemos anteriormente o Luxemburgo faz parte da UE e da zona Schengen o que significa liberdade de movimentos para as pessoas dentro da mesma. Se é de um país da zona Schengen, como Portugal por exemplo, pode entrar no Luxemburgo apenas com o cartão de identificação (cartão de cidadão) ou passaporte. Se não for, clique aqui para mais informação sobre a zona schengen e aqui para ver os habitantes de que país precisam de visa para entrar no Luxemburgo.

#50 São precisas vacinas para viajar ao Luxemburgo? Para entrar no Luxemburgo não é necessária nenhuma vacina, a não ser que venha de uma zona infectada. No entanto, e como em qualquer parte do mundo é aconselhável ter a vacina contra o tétano em dia, bem como as vacinas dos programas oficiais nacionais.

Livros de Viagem Sobre o Luxemburgo

Para quem apenas vai ao Luxemburgo aconselhamos o Luxembourg (Bradt Travel Guide)

q? encoding=UTF8&ASIN=1841628549&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=US&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=couplertw 20 50 coisas que precisa de saber sobre viajar ao Luxemburgo

Para quem está a pensar ir à Bélgica e Luxemburgo aconselhamos o DK Eyewitness Travel Guide: Belgium & Luxembourg

q? encoding=UTF8&ASIN=1465457410&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=US&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=couplertw 20 50 coisas que precisa de saber sobre viajar ao Luxemburgo

Sharing is caring!