O que fazer em Granada, Espanha?

A nossa primeira impressão de Granada não foi a melhor… Era impossível encontrar onde estacionar, conduzir na cidade foi tudo menos agradável (o centro é mesmo impossível), o que dificulta a visita. além do mais, não estávamos a sentir o vibe da cidade, ao contrário do que aconteceu com Málaga e Córdoba. Ainda para mais, a primeira refeição foi muito fraquinha… o que à posteriori podemos dizer que foi azar, pois esta é uma boa cidade para comer. 

Por outro lado, as coisa apenas poderiam melhorar a partir daqui. E assim foi! Assim que começamos a explorar os bairros históricos ficamos encantados. E depois há Alhambra, essa quase nova maravilha do mundo!

O que fazer em Granada?

Além da visita obrigatória a Alhambra, podem ir à Catedral, vaguear um pouco pela zona comercial, ir ao antigo Bairro Muçulmano, dar uma escapada ao lado à Sierra Nevada e até ir fazer uma caminhada pelo desfiladeiros de Los Cahorros! Existe muito o que fazer em Granada!

Veja aqui as 50 coisas que precisa de saber antes de visitar Espanha

Qual a melhor altura para visitar Granada?

Nós visitamos Granada em Agosto, e por isso estava extremamente quente. Durante o dia as temperaturas chegam facilmente aos 35-37ºC. No verão é quase obrigatório trazer sapatilhas frescas para caminhar, vão caminhar imenso!

Apesar de termos ido no Verão, acreditamos que é a pior altura para visitar Granada e Andaluzia (especialmente o interior). É simplesmente demasiado quente! Se tiver a oportunidade, visite na primavera ou início de outono, quando está apenas quentinho e agradável. Além do mais, as filas serão bem menores!

Mesmo no Inverno nunca está demasiado frio na Andaluzia e também não chove tanto como noutras zonas da Europa. Além do mais, Granada é mesmo junto à Sierra Nevada e talvez ainda consiga fazer uma visita à Neve.

O que fazer em Granada

Alhambra

É muito fácil apaixonarmo-nos por Alhambra e pela sua história. Tal como Washington Irving disse: “ Da minha parte, entreguei-me completamente, durante a minha estadia em Alhambra, a todas as fabulosas e românticas tradições ligadas a este lugar. Vivia num conto árabe, fechava os olhos tanto quanto podia a tudo o que me chamava na vida exterior; e se há um país na Europa onde é possível fazê-lo é na pobre, lendária, orgulhosa, românica Espanha; onde o antigo espírito bárbaro ainda luta contra o utilitarismo da civilização moderna”.

Granada O que fazer

Washington Irving foi um escritor americano e embaixador dos EUA em Espanha. Ele era um apaixonado por Alhambra, onde passou 3 meses e se inspirou para escrever o seu livro “tales of Alhambra”.

É justo dizer-se que gostamos de Alhambra, que gostamos muito de Alhambra! As vistas, os Jardins, e os detalhes de design são deslumbrantes. O complexo divide-se em 4 grandes áreas: a Alcazaba, os Palácios Nasrid, o Partal, e Generalife. Notem que existem horários específicos (e diferentes) para entrar tanto nos palácio como em Generalife. Na nossa opinião é preciso um dia inteiro para visitar Alhambra sem pressas, e se há lugar onde não vale a pena ter pressas é aqui! Não vai encontrar um lugar melhor para estar, nem melhores coisas para fazer do que apreciar o esplendor de Alhambra.

O que visitar em Granada?

Como comprar bilhetes para Alhambra?

A pior parte de Alhambra são as filas para os bilhetes! Nós chegamos as 10h e já havia uma fila bem grande. Não tanto que pareça impossível de esperar, mas mesmo assim tivemos cerca de 2 horas à espera, sob o terrível sol andaluz, sem sombras e numa fila que não mexia. 

Quando finalmente chegou a nossa vez haviam 2 bilhetes disponíveis para os palácios! Sim, dois! Tivemos uma sorte incrível, mas os bilhetes eram para as 19.00. PAra a Generalife conseguimos comprar para as 14 horas. Assim, façam um favor a vocês mesmos, e não cometam o mesmo erro que nós… comprem os bilhetes online!

O que ver em Granada

Arriscar-se a ficar lá fora, ou ter de esperar hora na filas não é muito inteligente. Os bilhetes completos custam 14 Euros, e quando fomo apenas aceitavam dinheiro como pagamento. Esperamos que mudem essa política um pouco ridícula…

Alhambra está imersa em história e tem detalhes arquitetónicos fabulosos, e por isso uma visita guiada pode ser dinheiro muito bem gasto lá, mas é bastante caro. Dependendo do dia, devem esperar que uma visita guiada custe entre 30 a 40 Euros. Talvez numa próxima vez!

Alhambra significa “a vermelha” devido aos tons avermelhados dos edifícios. O complexo está rodeado por montanhas e floresta, dando-lhe uma localização ainda mais espetacular. A construção do palácio  fortaleza começou com Muhammad I al-Ahmar em 1238. Ao longo dos anos foram sendo acrescentados novos palácios e jardins. Apenas em 1492, Alhambra se rendeu aos Reis católicos, tornando-se assim o último bastião muçulmano na Península ibérica. 

coisas para fazer em Granada?

O complexo de Alhambra é famoso sobretudo pela sua arquitetura com 13 torres, arcadas de colunas, fontes com água corrente, inscrições árabes impressas nas paredes, mosaicos de azulejos e estuque esculpido. Antes de ir a Alhambra, tínhamos visitado Cordoba e a sua Mesquita/Catedral, e por isso esperávamos que tivesse no mínimo o mesmo factor WOW da mesquita/Catedral. Mas em Alhambra esse factor WOW é diferente. Se em Córdoba é a dimensão do edifício, bem como a impressionante altura e quantidade de arcos e colunas, em Alhambra o deslumbre vem dos pequenos detalhes e da beleza quase única. 

O que fazer em Granada?

Generalife

A Generalife foi construída para ser a zona de recriativa dos sultões e reis de Granada. Esta zona de Alhambra é impressionante pelos seus jardins, fontes de água corrente e piscinas. Temos água um pouco por todo o lado, existindo pequenos canais de água ligandos os diferentes pontos através do chão e escadas.

Um dos pontos mais marcantes de Alhambra é o Pátio de Acequia e a vista deslumbrante a partir dos aposentos reais.

Dica: Não se esqueçam que têm uma hora marcada para poder entrar na Generalife!

Granada pontos de interesse

Palácios Nasrid

Em Alhambra encontra 3 palácios ( Palácio Mexuar, Palácio Comares e Palácio dos leões=, e a sua construção teve lugar em diferentes períodos.

Ao explorar os diferentes palácios vai encontrar belíssimos azulejos com padrões e cores invulgares, paredes e tetos de estuque esculpidos com um detalhe incrível, caligrafia árabe e texto corânico nas paredes.

Os pátios são também fantásticos com mármore branco e abundantes piscinas e fontes. Os mais impressionantes são os pátio de Arrayanes e o pátio de los leones. Uma das coisas mais incríveis e interessantes de ver é a constante ligação entre as fontes, piscinas e os sistemas de irrigação.

dica: Não se esqueça que também os palácios têm visita com hora marcada. Se não for à hora certa, não entra.

Onde ir em Granada?

Alcazaba

A Alcazaba é uma das partes mais antigas de Alhambra e também a zona militar do complexo. Tem algumas torres defensivas e um jardim, mas a parte mais interessante é a torre de la vela, de onde se tem uma vista deslumbrante sobre a cidade. Por outro lado, Alcazaba de Alhambra não é tão impressionante como a de Málaga. É uma parte interessante do complexo, mas não o que a torna inesquecível.

Granada coisas para fazer

Palácio de D. Carlos V

Dentro do palácio vai encontrar o museu de Alhambra, um museu de arte belas artes e algumas exposições temporárias. Tem um estilo completamente diferente de todo o resto pois foi construído após a reconquista. As paredes do palácio têm enormes pedras rectangulares esculpidas que dão à fachada um ar bem diferente. Na zona interior pode-se encontrar uma arcada de colunas que cercam o pátio. 

Onde ficar em Granada

Albayzin

Albayzín é o antigo distrito árabe da cidade, onde as ruas são muito estreitas e a casas têm uma arquitetura de influência claramente muçulmana. Este é um bairro tão importante que foi considerado património da UNESCO em conjunto com Alhambra. Não perca a calle Caldereria, pois tem imensas lojinhas de artesanato local bem interessante e é uma excelente oportunidade de comprar um souvenir.

Marque aqui um tour por Albayzin

Granada o que visitar?

Mirador de San Nicolas

O Mirador de San Nicolas fica em Albayzin e é provavelmente a melhor vista de Alhambra, especialmente durante o pôr do sol pois reforça as cores avermelhadas dos edifícios. Para chegar ao mirador é uma subida bem dura, mas vale bem a pena. Alhambra por dentro é espetacular, mas a vista de todo o complexo e da cidade de Granada não lhe fica muito atrás. 

O que comer em Granada

Escapadinha à Sierra Nevada

Granada tem tantas coisas para ver e fazer, especialmente em Alhambra, que por vezes nos esquecemos que a cidade fica mesmo colada à magnífica Sierra Nevada. e já que lá estamos, mais vale aproveitar não? Durante o Verão é uma zona bem agradável para fazer caminhadas, apreciar as vistas ou até fazer um picnic, mas no Inverno é ainda mais interessante, com neve e a possibilidade de fazer ski.

Veleta é o resort de ski da Sierra Nevada e considerado o resort de Ski mais a Sul em toda a Europa. De facto, estamos tão a sul que é possível ver África do topo de Veleta. Além disso, fica a apenas 32 Km ou 50 minutos de Granada.

Marque aqui um tour de Jeep pela Sierra Nevada

Granada Turismo

Fazer o trilho Los Cahorros

O trilho de Los Cahorros atravessa o desfiladeiro de los Cahorros localizado nas colinas inferiores da Sierra Nevada, em Monachil, a apenas alguns minutos de Granada. Se gosta de fazer trilhos curtos, este é perfeito, tem algumas pontes suspensas e o desfiladeiro é bastante bonito. Além do mais, como não é um percurso demasiado longo, é adequado para toda a família. 

Granada los Cahoros

Se estão interessados em fazer este trilhos, nós fizermos um artigo completo sobre este trilho. Vejam aqui!

Catedral de Granada

A Catedral de Granada é um pouco diferente da maioria das outras em Espanha, sobretudo porque a sua construção começou muito mais tarde, no século XVI. Temos que nos lembrar que até 1492 Granada não fazia parte do Reino – era o último bastião muçulmano na Península Ibérica.

A catedral foi construída sob vários estilos arquitetónicos e demorou cerca de 200 anos a ser terminada. Apesar de estar embrulhada entre pequenas ruas estreitas e por isso ser difícil de apreciar, é um trabalho impressionante e uma das melhores coisas para visitar em Granada.

  • Bilhete: 5 Euros;
  • Horário: Segundas a Sábado: 10:00-18:00; Domingos e Feriados: 15:00-17:45;

Marque aqui uma visita guiada a Capela e Catedral

Capilla Real

Apesar de estar mesmo ao lado da Catedral, esta capela é uma atração turística independente – uma em que é necessário comprar um bilhete separado para entrar. A Capilla Real é o mausoléu dos Reis Católicos Fernando e Isabel. Na capela pode também encontrar alguns objetos da Raínha Isabel. Notem que os reis posteriores foram enterrados em El Escorial, perto de Madrid.

  • Entrada: 5 Euros;
  • Horário: Segundas a Sábados: 10:15 -18:30; Domingos: 11:00-18:00;

Marque aqui uma visita guiada a Capela e Catedral

Onde ficar em Granada?

Granada é uma cidade grande, com quase 1 milhão de habitantes, por isso é boa ideia ficar perto das principais atrações. Como dissemos em cima é também uma cidade onde é muito difícil estacionar e um autêntico pesadelo para conduzir. Tudo isto significar que escolher o hotel certo é muito importante para que se tenha uma boa experiência de viagem.

Reunimos abaixo algumas das nossas opções de alojamento favoritas em Granada. Todas têm parque privativo no caso de estar a viajar de carro, têm um preço razoável e estão perfeitamente localizadas para que não tenha de caminhar demasiado nem perder muito tempo para chegar às principais atrações de Granada.

  • Hotel Granada Center – Localizado relativamente perto do centro mas também é muito facilmente acessível a partir das autoestradas. Com mais de 10 000 reviews e uma média de 8.7 é para perceber porque é tão popular.
  • Hotel Saray – Também muito bem localizado a apenas 10 minutos do centro, este hotel é bastante barato se tivermos em consideração que tem uma piscina exterior para atenuar o calor.
  • Hesperia Granada – Este hotel vem com um típico terraço Andaluz e é muito fácil perceber porque é tão popular entre casais. Fica a cerca de 200 metros das ruas das tapas, e a apenas 5 minutos do fantástico bairro de Albaycín.